Dicas sobre o que não fazer antes de uma entrevista de seleção

Nas redes sociais, em especial no Linkedin, vemos diversas publicações de “como se dar bem na entrevista” ou sobre perguntas comuns em entrevistas, e afins. Mas o que ninguém fala é de como é difícil ser chamado para esse contato, assim, listamos 5 coisas que você NÃO deve fazer antes de ser chamado para uma entrevista.

  • Mandar seu Currículo sem se apresentar no e-mail.

Colocar apenas “Segue CV” não faz com que o recrutador tenha interesse em ver seu material, então escreva brevemente sobre o porquê de seu contato e principalmente sobre a posição que você tem interesse – se não houver uma vaga propriamente dita, identifique sua área de atuação para facilitar para o recrutador achar seu material depois.

  • Fazer “mailing” do seu Currículo

Jamais encaminhe seu material com várias pessoas em cópia no mesmo e-mail, salvo situações que é solicitado que faça isso. O fato de você colocar várias pessoas diferentes em cópia no mesmo e-mail demonstra que você está só “pulverizando” seu material e demonstra um sentimento de desvalorização aquele contato.

  • Não ler o descritivo das vagas antes de se candidatar

Se a sua experiência profissional sempre foi na área de produção industrial, não adianta você se cadastrar para uma vaga de RH, são áreas opostas e a sua experiência de seleção de equipe não conta como “vasta experiência em recrutamento e seleção”. Isso apenas fará com que o recrutador perca o tempo dele e pode correr risco de você se queimar com ele.

  • Se candidatar para várias vagas na mesma consultoria/empresa ao mesmo tempo

Por regra as consultorias e empresas não usam o mesmo profissional para mais de uma posição, então não adianta se candidatar para mais de uma posição, até porque, se você for selecionado não irá poder trabalhar em todas elas ao mesmo tempo. Então seja assertivo, se candidate a posição que mais tenha a ver com o seu perfil, que você supra o maior número de pré-requisitos possíveis, caso não sirva para essa, os recrutadores te encaminharão automaticamente as demais vagas.

  • Não tenha intimidades com o recrutador

Chamar a selecionadora de “querida”, “anjo” ou “amor” não são adequados, nem mesmo depois da terceira entrevista. Trata-se de um momento profissional e pode deixar você queimado frente a recrutadora. E se for um homem? A mesma regra vale, não o chame de “querido”, “amor”, “moço” ou até mesmo de “cara” Dica de ouro: se você não lembra o nome dele(a), pergunte ou use “Prezado (a)”.

 

Lembre-se que acima de tudo você deve ser humilde, entenda que em alguns casos a oportunidade é confidencial e que não há como abrir maiores informações, nem que você implore. Os detalhes são abertos com o passar do tempo e evolução do processo, não se preocupe.

Esperamos que essas dicas possam te ajudar a conquistar mais entrevistas e principalmente a tão sonhada recolocação.

Deixe um Comentário

Contato

Entre em contato conosco.

Ilegível? Alterar texto. captcha txt